Essa tesoura japonesa custa R$ 144 mil (e você vai querer comprar)

Lembre-se: R$144 mil (Foto: Reprodução)

 

Quando se fala em artesanato japonês, logo vem em mente a culinária, xilogravura e talvez cerimônias de chá. Mas, caso você não saiba, a criação de tesouras também é uma tradição no país. 

+ Victorinox lança canivete com detalhes em ouro
+ Conheça a ‘faca perfeita’ feita de madeira e que não precisa de sabão

Yasuhiro Hirakawa é um dos artesões japoneses que criou a vida em torno da fabricação do objeto cortante. A tesoura artesanal do ferreirro, que criou a marca Sasuke, exige 10 horas por dia durante uma semana para ser criada.

O preço das peças variam de R$4 mil a R$144 mil. Entenda o processo de criação de Hirakawa no vídeo abaixo:

Escola suíça para executivos busca brasileiros para discutir mercado de luxo

Uma das principais escolas de negócio da Europa discute as novas tendências do mercado mundial de luxo (Foto: Divulgação)

 

A escola suíça de educação de executivos IMD busca execut…

PlayStation Classic: será que você precisa se render à nostalgia?

PlayStation Classic (Foto: reprodução)

 

Não chega a ser um golpe como o velho PolyStation. Mas não deixamos de receber com certa desconfiança a notícia do lançamento PlayStation Classic,…

Instagram lança plataforma para ajudar pais e filhos na rede

Pai e filha (Foto: Getty Images)

 

A discussão a respeito da paternidade nas empresas tech tem aumentado nos últimos anos, ao menos quando o assunto é RH. Mas com o escrutínio público, surge também a preocupação de tornar seus produtos plataformas transparentes para pais e filhos. Vide o Instagram, por exemplo, que lançou esta semana uma plataforma com dicas para ajudar a família a entender e abordar a vida digital dos pequenos.

Muitas das dicas que a equipe desenvolveu falam de um fato comum de redes sociais: há muita coisa que não está muito clara quando você navega por elas. Sabia que dá para filtrar manualmente palavras para que elas nunca apareçam em comentários no Instagram? Ou que há um conjunto de ferramentas anti-bullying? Pois é. Uma olhada no guia pode te ajudar a encontrar essas funções, e há um glossário breve para entender o que é o que.

O Instagram também sugere alguns perfis positivos para as crianças. Entre eles estão a paulistana MC Soffia, cuja música fala sobre empoderamento feminino e o combate ao racismo. Soffia também está no IG TV com uma série em que fala sobre questões geracionais.

+ “A gente se preocupa muito com a questão do machismo”, diz Marcos Pasquim sobre a criação da filha
+ Emicida lança livro para crianças que começam a “se procurar nas histórias”
+ Livro “O Papai é Pop”, de Marcos Piangers, vai virar filme

Embora o foco seja no usuário, eles também sugerem algumas dicas práticas. Talvez falar para os seus filhos a princípio seguirem apenas pessoas que conhece, por exemplo, ou abrir a conversa para falar não apenas do seu filho faz online, mas também sobre as atividades dos próprios pais. Além disso, a especialista em redes sociais e educação Ana Homayoun, autora do livro Social Media Wellness trabalhou com o Instagram para pensar em dez perguntas fundamentais para fazer para os seus filhos: 

– O que você gosta no Instagram?

– O que você gostaria que eu soubesse sobre o Instagram?

– Quais são as cinco principais contas do Instagram que você gosta de seguir?

– No que você pensa antes de publicar algo no Instagram?

– Se você tem várias contas do Instagram, o que você compartilha em cada conta?

– Como as curtidas e comentários afetam como você se sente em relação a uma publicação?

– Você conhece seus seguidores? (Se seu filho tiver uma conta privada, pergunte como ele decide quem pode segui-lo.) O que você faz quando um desconhecido tenta entrar em contato com você por mensagem direta?

– Como você se sente em relação à quantidade de tempo que passa online?

– Você já sentiu algum desconforto com algo que viu ou com uma experiência online?

– O que você faria se visse alguém sofrendo bullying no Instagram? (Você conhece as ferramentas de denúncia e o filtro de comentários ofensivos do Instagram?)

 

Personal trainer de Bruna Marquezine e Bruno Gagliasso lança programa de treinos on- line

Chico Salgado (Foto: Rogério Cavalcanti)

 

Se você segue no Instagram celebridades como Bruna Marquezine, Giovanna Ewbank, Angélica, Sabrina Sato e Bruno Gagliasso, você já viu Chico Salgado. Ele se tornou personal trainer de todos esses famosos – e um dos top 10 personal trainers mais disputados do Brasil – com treinos rápidos, que não necessitam de aparelhos, e assim, podem se encaixar em qualquer hora do dia e lugar. 
Agora, Chico Salgado anunciou um programa de treinos on-line, criado pela Curseria, e que será lançado no dia primeiro de outubro. O treino é dividido em três modalidades com objetivos específicos: “Metabolic Training” (para quem quer perder peso como foco principal), “Physical Training” (promove o ganho da capacidade física integral) e “Muscular Training” (focada na definição muscular). Cada uma das modalidades tem cinco treinos e o aluno pode mesclá-las, com o foco naquelas que estão mais alinhadas ao seu objetivo.
Logo na “Introdução – #ChicoSalgadoTeam”, o aluno descobre mais sobre a trajetória do Chico, conhece a estrutura do programa de treinamento, além de acompanhar um treino bônus que faz parte da rotina de treinos pessoais do personal trainer. Na sequência, é indicado assistir ao “Manual do Treino”, um importante detalhamento em vídeo, com a execução correta dos exercícios que permeiam as três modalidades.

+ 5 motivos que vão te convencer a investir em uma assessoria de corrida
+ Falta tempo para a academia? Tente esse treino de 4 minutos de duração

O conteúdo extra reúne: “Treino Super Básico” (adaptação para quem ficou muito tempo sem treinar ou vai começar a se exercitar nesse programa de treinos on-line), “Treino em Dupla” (para treinar junto com alguém e assim dinamizar a rotina) e “Treino com Miniband” (uma opção para utilizar o acessório e aumentar o nível de dificuldade de acordo com a intensidade da band escolhida).
Um dos diferenciais do programa é a variação de intensidade na execução dos exercícios. Em todos os treinos, Chico Salgado conduziu três alunos – com orientações específicas – para realizarem os exercícios de acordo com o nível deles: iniciante (camiseta coral), intermediário (camiseta vermelha) ou avançado (camiseta preta).
Antes de começar a treinar, cada aluno do programa vai preencher uma anamnese on-line que identifica qual é o nível do treinamento dele. Assim, é só escolher o treino do dia e acompanhar (no vídeo) os movimentos de quem estiver com a camiseta daquele respectivo nível.
Quem quiser treinar com Chico Salgado já pode acessar a página do programa de treinamento #ChicoSalgadoTeam e se inscrever para receber informações sobre o lançamento.