Nova edição da WeAr Brasil traz a chance de conhecer – e comprar – a moda do futuro | Noticias

Noticias Última Hora | O Portal de Notícias do Brasil com as últimas notícias de hoje.
Nova edição da WeAr Brasil traz a chance de conhecer – e comprar – a moda do futuro
UVline - coleção de Dudu Bertholini (Foto: Divulgação)

 

Bitcoin, novos materiais, nanotecnologia e startups disruptivas. Estes são alguns dos temas que vão tomar o espaço da Cartel 011 em São Paulo durante a 4ª edição do WeAr Brasil, festival que rola nos dias 12 e 13 de novembro focado em unir quem constrói com tecnologia o futuro da moda.

Entre as palestras e workshops, destaque vai para o Masterclass, que acontece no primeiro dia e inclui nomes como Maurício Magaldi, líder de blockchain da IBM, e Ricardo Nascimento, pesquisador brasileiro que mora na Holanda e Alfredo Orobio, brasileiro radicado em Londres e nome por trás da plataforma de co-criação Away to Mars, que vai apresentar os materiais do futuro.

Além disso haverá um espaço para visitantes conhecerem novas ideias sendo desenvolvidas no seio de startups brasileiras, e a Fashion Tech Tour, um passeio pela produção, que começa pela fabricação de fios na Rhodia, depois vai para o novo centro de distribuição todo automatizado da Riachuelo, no qual é possível conhecer como é a logística de uma grande rede, e termina na Japan House SP, com um tour guiado pela exposição de wearables da moderníssima marca japonesa Anrealage.

UVline - coleção de Dudu Bertholini (Foto: Divulgação)

 

+ Mestres dos wearables de luxo dão palestra em São Paulo
+ Coloque na agenda: 4ª edição do Wired Festival fala de democracia, cidades e negócios

O papo de moda e tecnologia não fica só na conversa: vai rolar também uma pop-up store com itens especiais. Entre os produtos à venda nos dois dias, estarão uma bolsa produzida no Rio que carrega o celular com energia solar e que será lançada no festival. Outra, de uma empresa mineira, funciona como forninho elétrico móvel. Na área de nanotecnologia há uma camisa branca resistente a sujeira e odores, e que por isto pode ser lavada com menos frequência, looks com proteção UV e antibacterianos e calcinhas absorventes reutilizáveis. Outra startup que será lançada no WeAr 2018 é a Genyz, que abandona a fita métrica e utiliza um escaner digital para tirar as medidas e construir uma roupa personalizada em 5 dias. Para os fãs de música, uma camiseta estampada traz um código de barras que leva a uma playlist do Spotify.

A loja temporária, uma parceira do WeAr com a Amazon, fica aberta até 25 de novembro.

Serviço
WeAr Festival

4ª edição
12 e 13 de novembro
Das 10h às 19h
Cartel 011
Artur de Azevedo, 517, Pinheiros, São Paulo
Site oficial
Ingressos: de R$260 a R$477
(Vendas aqui)


[related_post themes="flat" id="1228"]