A conta chegou para usuários do iFood

Spread the love

Após promoções de 1 real o primeiro pedido e frete grátis em São Paulo, iFood dobra a cobrança por entrega.

A muito tempo venho dizendo que a empresa ajuda muita mais aos grandes players com suas divulgações e entregas, sempre colocando à frete empresas já conhecidas no mercado e deixando em segundo plano os pequenos restaurantes e lanchonetes.

Agora a empresa começa a cobrar a conta de suas promoções dos próprios restaurantes, que passaram a pagar R$ 6,99 e R$ 7,99 por entrega, diminuindo a margem ainda mais para esses estabelecimentos, que já reclamavam da alta taxa de prejuízos causados por suas promoções.

Em uma venda normal, a tava cobrada pelo serviço pelo iFood era de 27%, com a promoção de frete grátis este valos pode chegar a 35%, agora com o aumento da taca de entrega, isso pode piorar.

Quanto ganham os entregadores

Há entregadores que retiram, em média, entre 7 e 15 reais por entrega e fazem por volta de 8 entregas por dia. Isso dá, no máximo, 120 reais com bastante esforço e desgaste no pedal.

Alguns ganham mais de 200 reais por dia, trabalhando o dia inteiro. Outros dizem ganhar até R$ 3.000 mil por mês. Mas claro, isso com vendas bastante das corridas. E gastando bastante gasolina na moto ou no pedal da bicicleta.

Como isso vai ficar?

Em Brasília, os senadores retomaram o trecho que obriga empresas de aplicativos de entrega como o iFood, a reduzir em 15% o percentual cobrado de motoristas e entregadores por cada viagem até 30 de outubro, aumentando os valores repassados a eles.

O que é uma boa notícia.

Agora para pequenos restaurantes e lanchonetes, só restam buscar novos concorrentes de app, ou criarem seus próprios sistemas de delivery.

APP de Delivery, APP de Entregas, Cobrança de iFood

Deixe uma resposta

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp