Favelas do Rio têm mais mortes por Covid-19 do que muitos estados do Brasil


COMPARTILHE

Covid na Favela – Favelas do Rio têm mais mortes por Covid-19 do que muitos estados do Brasil – As favelas da cidade do Rio de Janeiro, segundo dados coletados pelo portal Voz das Comunidades até a última quarta-feira (20), ultrapassam o número de mortes por Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus, de 15 estados brasileiros.

A maioria das mortes na favela, se deve ao fato de que as pessoas não respeitam o isolamento, são obrigada a trabalhar usando o transporte público lotado, e moram em situações precárias, muitas vezes com muitas pessoas no mesmo cômodo.

Se for levada em consideração a proporção de mortes para cada 100 mil habitantes, as favelas do Rio teriam 46,6. Em contraste, o estado com maior proporção de mortes por 100 mil habitantes é o Amazonas, com 36.

A população dessas 13 favelas juntas é de 369 mil pessoas, de acordo com o Censo de 2010. Dos 15 estados com menos mortes por Covid-19 , apenas três têm população inferior a um milhão de habitantes.

Brasilândia, distrito com mais mortes por Covid-19 em SP

Covid-na-Favela

O distrito, que tem hoje quase 265 mil habitantes, é o que registra maior número de mortes decorrentes da covid-19 na capital paulista, segundo a prefeitura. De acordo com os últimos boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria Municipal da Saúde, foram 67 mortes em 21 de abril, 103 em 30 de abril, 123 no dia 6 de maio e 156 em 14 de maio, os maiores números de toda a cidade.

A falta de informações e números sobre o Covid-19 em bairros ou cidades de periferia é simplesmente inacreditável. Os cálculos provavelmente estão defasados.


Deixe uma resposta

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp