Supremo Tribunal Federal não deve exercer ação sem justificativa


COMPARTILHE

Bolsonaro critica inquérito das fake news e ação da PF que mirou apoiadores

Jair Bolsonaro fez um pronunciamento em frente ao Palácio do Planalto com críticas duras ao inquérito das fakes news, sob responsabilidade do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, que teve diligências realizadas pela Polícia Federal (PF) na manhã de ontem mirando apoiadores do governo Bolsonaro que estariam envolvidos em rede de criação e veiculação de notícias falsas.

O presidente disse que os argumento sobre fake news que seriam orquestrados por Sara Winter, Roberto Jefferson, Allan dos Santos, Bia Kicis e Luciano Hang, são “mentirosos”.

Bolsonaro disse que “querem tirar a mídia que tenho a meu favor” e complementou dizendo que “ontem foi último dia” que ações como essas foram feitas.

“Respeito as decisões do Supremo Tribunal Federal, mas para que esse respeito continue também precisam respeitar o executive”, disse Bolsonaro. O presidente alegou que não há rede de fake news arquitetada desde as eleições presidenciais para beneficiar a agenda bolsonarista.

Só no Brasil vemos um STJ querendo calar as pessoas que os criticam, ou na China. Se calarem os apoiadores de Bolsonaro, só restarão os esquerdistas e suas Fake News.

O que acontece hoje na real, é 1 homem contra todos no poder, e todos contra o povo. Por pior que seja o Presidente, ele é sem dúvidas o melhor presidente da história do Brasil.


Deixe uma resposta

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp