Toque de recolher e exército não intimidam manifestantes nos Estados Unidos


COMPARTILHE

Manifestações acontecem em um momento que as maiores cidades do país decretaram toque de recolher para tentar conter novos confrontos. Mas nem com Donald Trump intimidando manifestantes com uso das forças armadas.

Mesmo após a ameaça feita pelo presidente Donald Trump do uso das forças armadas para “dominar as ruas“, cidades dos Estados Unidos foram tomadas por mais manifestantes e cenas de mais violência que ofuscaram protestos pacíficos contra o racismo desde a morte de George Floyd. Esse é o sétimo dia de manifestações em um momento que 40 cidades do país impuseram um toque de recolher para tentar conter novos confrontos.

Toda atitude com uso da força, só está piorando a situação cada vez mais caótica em que se encontra os Estados Unidos em meio a pandemia. Mesmo com a morte de mais de 105 mil pessoas, milhares continuam nas ruas se desentendendo com o governo.

A faísca foi acessa e o pavio está queimando, mas a bomba ainda não estourou. Estamos diante do pior ano da América do Norte em mais de 100.

Aqui no Brasil, por enquanto, vemos um povo pacífico em suas manifestações. Povo este contrário apenas as notícias manipuladas apenas de um lado. Do outro viram fakenews, mas isso é temporário.

Os pró-governo não são o problema, e sim, os mascarados de verdade. Os que não usam máscara para evitar contaminação, mas para esconder os rostos.

Estes sim, já começaram a agendar encontros via redes sociais, para anarquizar com tudo.

O que devemos fazer, ou continuar fazendo é…

Distanciamento social, e buscar retomar a vida, antes que seja tarde.

Deixem que eles briguem.


1 thought on “Toque de recolher e exército não intimidam manifestantes nos Estados Unidos

Deixe uma resposta

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp