Bolsonaro afirma que vai lutar por voto impresso nas eleições de 2022

Bolsonaro que aprovar texto da deputada Bia Kicis

Bolsonaro que aprovar texto da deputada Bia Kicis
Ricardo Moraes/Reuters – 28.10.2018

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (3), em transmissão pelas redes sociais,  que vai mergulhar no próximo ano no Congresso para aprovar uma proposta que estabeleça o voto impresso para as eleições 2022.

“Nós temos sim, está bastante avançado o estudo, a gente quer no ano que vem, mergulhar na Câmara e no Senado para que a gente possa realmente ter um sistema eleitoral confiável em 2022”, disse ele.

Leia mais: ‘Voltar ao voto impresso é como comprar vídeocassete’, diz Barroso

Segundo Bolsonaro, há uma proposta de emenda constitucional, de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), que poderia ser aproveitada para o retorno do voto impresso. “É a maneira que você tem de auditar, contar os votos de verdade aqui”, disse ele, ao reforçar que vai avaliar o que ocorre em outros países.

O presidente tem sido crítico ao voto em urna eletrônica, que é usada no Brasil desde eleições municipais de 1996. Em março, ele disse que em breve apresentaria evidências de que teria vencido as eleições de 2018 já no primeiro turno se não tivesse ocorrido algum tipo de fraude.

“E nós temos não apenas palavra, nós temos comprovado, brevemente eu quero mostrar, porque nós precisamos aprovar no Brasil um sistema seguro de apuração de votos. Caso contrário, passível de manipulação e de fraudes.”, afirmou em um evento em Miami na época.

 

 

Conheça 7 mitos sobre o uso da urna eletrônica nas eleições brasileiras

 

 

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp