STJ tem funcionamento afetado dois dias após ataque hacker

Sede do STJ, em Brasília

Sede do STJ, em Brasília
Reprodução/Record TV

Os trabalhos no STJ (Superior Tribunal de Justiça) estão paralisados nesta quinta-feira (5) e permanecerão dessa forma até a próxima semana. Isso se deve ao ataque hacker sofrido pela institutição na terça-feira (3), que ainda produz efeitos.

O órgão do Judiciário informa em sua página que opera em regime de plantão apenas para casos urgentes. 

Os sistemas utilizados para o trabalho dos ministros e demais funcionários que se encontram em regime de home office por conta da pandemia de covid-19 não estão operando.

A presidência da Corte informou que uma auditoria avalia o fato e orientou os colaboradores a não acessarem computadores que estejam ligados com os sistemas informatizados do STJ. Já os prazos processuais serão retomados apenas na segunda-feira (9).

A Polícia Federal instaurou inquérito e apura se os criminosos teriam criptografado dados de processos e exigido um “resgate” para liberar as informações. “As diligências iniciais da investigação já foram adotadas, inclusive, com a participação de peritos da instituição. Eventuais fatos correlatos poderão ser apurados na mesma investigação”, informou a corporação, por meio de nota. 

Os fatos correlatos citados podem incluir novas tentativas de ataques registradas nesta quinta. Desta vez, foram afetados os sistemas do Ministério da Saúde e o do governo do Distrito Federal.

Segundo a Secretaria de Economia do DF, sistemas online foram tirados do ar “para garantir a segurança e integridade dos dados”. “Frente às suspeitas de ataques em órgãos da Justiça e do governo federal, a Subsecretaria de Tecnologia (Sutic) da pasta já estava em alerta máximo para possíveis tentativas e já trabalha para resolver o problema”, informou a pasta.

Saiba como se proteger de um ataque hacker no home office

No Ministério da Saúde, servidores em home office foram orientados a nem sequer acessar o sistema da pasta em seus computadores pessoais. A rede teria sido desativada às 9h30.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp